Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

terça-feira, 3 de março de 2020

Câmara comemora seis décadas de residência médica no DF

Solenidade, presidida por Jorge Vianna (Podemos), reuniu profissionais de várias gerações.

A Câmara Legislativa comemorou os 60 anos da instituição da Residência Médica no Distrito Federal durante sessão solene, nesta segunda-feira (2), no auditório da Casa. Entre os diversos fatos destacados das seis décadas de aperfeiçoamento e especialização nas unidades de saúde, foi lembrado que o DF detém o maior número de médicos residentes em relação aos habitantes, se comparado aos demais estados brasileiros. A homenagem, requerida pelo deputado Jorge Vianna (Podemos), reuniu várias gerações de profissionais.

O distrital, em seu pronunciamento, reiterou o papel do trabalho em equipe – médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionistas, entre outros – e a importância da gestão para o bom funcionamento do sistema. "A melhor gestão é a que ouve o trabalhador", afirmou, deixando clara sua insatisfação com a ausência do secretário de Saúde da solenidade.

Com o objetivo de assegurar aos profissionais graduados o desenvolvimento das competências necessárias para a atuação nos serviços de saúde, a residência é uma modalidade de ensino, acompanhada por preceptores, que passam de 1 mil no Distrito Federal. Os residentes – ao todo são mais de 1,5 mil – recebem bolsa de estudos e auxílio moradia.

Preceptoria - A deputada Arlete Sampaio (PT), que é médica sanitarista e foi servidora da Saúde do DF, relembrou momentos que considera "marcantes" da história do Distrito Federal, como a descentralização do sistema, com a construção de novos centros de saúde. Já o diretor da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (FEPECS), Marcos de Souza Ferreira, salientou que, depois de seis décadas de atividade no DF (no Brasil, já são 76 anos), somente no ano passado a preceptoria foi regulamentada.

Patrono da Residência Médica do Distrito Federal, Francisco Pinheiro da Rocha, entre outras observações, recordou que a residência nasceu junto com a cidade, quando foi inaugurado o primeiro hospital público do DF que viria a ser chamado Hospital de Base. Ex-secretário de Saúde, Jofran Frejat saudou os jovens médicos e enfatizou a formação "de profissionais do mais alto padrão". Defendeu ainda a importância do contato do médico com o paciente.

Em nome dos homenageados, discursou Samuel de Sousa Alencar, que integra a diretoria da Associação dos Médicos Residentes do DF. Entre outros aspectos da especialização, ele frisou a importância dos preceptores. Também participaram da sessão solene, o senador Izalci Lucas (PSDB-DF); o presidente do Conselho Regional de Medicina, Farid Buitrago Sanches, e o presidente da Associação Médica de Brasília, Ognev Meireles Cosac.

Marco Túlio Alencar e Karine Teles (estagiária)
Fotos: Silvio Abdon/CLDF
Núcleo de Jornalismo - Câmara Legislativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo