Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Mariazinha não consegue reeleição depois de 15 anos à frente do Sinpetaxi

A chapa da até então presidente Maria do Bonfim Pereira não foi reeleita no pleito que decidia a nova frente do Sindicato Sindicato dos Permissionários de Táxis e Motoristas Auxiliares do DF (Sinpetaxi). Mariazinha, como é chamada, estava no posto desde 2001 e, agora, dará lugar a Suéd Silvio Souza, presidente da Associação Nacional de Taxistas em âmbito federal (ANTF).

Foi um total de 1026 votos, incluindo três nulos. Das três chapas concorrentes, a de Mariazinha foi a que recebeu menor número – 132. Em segundo lugar ficou a chapa 2 do cunhado de Mariazinha, Sérgio Aureliano, com 367. A irmã da antiga presidente era conselheira fiscal do concorrente.

A vencedora, no segundo turno, foi a chapa de Suéd, com 524 votos, com a proposta de “acabar com o nepotismo” que, segundo o novo presidente, estava muito presente nas últimas lideranças. A chapa 3 ficará à frente do Sinpetaxi por 4 anos.

Para Suéd, o principal benefício da troca da presidência depois de 15 anos será a união. “Nós temos uma categoria dividida, desunida, desorganizada e até com pessoas que são contra o sindicato. Vamos unir a categoria e criar cada vez mais campanhas e cursos de aperfeiçoamento para melhorar a prestação de serviço ao usuário.”

Procurada pela redação, Mariazinha preferiu aguardar o dia da posse para se pronunciar, o que deve ocorrer em setembro.

Apenas os 1.621 taxistas associados ao sindicato e com a mensalidade em dia tinham o poder de voto. No Distrito Federal são 3,4 mil permissionários e 2,5 mil motoristas auxiliares, segundo o Sinpetaxi.
 Foto: Agência Brasil

Renata Werneck
renata.werneck@jornaldebrasilia.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo