Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quarta-feira, 24 de junho de 2020

Ibaneis nas ruas | Governador faz blitz em São Sebastião e Paranoá para ver obras e melhorias

Ibaneis Rocha visitou de surpresa as duas cidades para ver andamento de obras e melhorias para a população.

Seguindo a máxima de que governo é feito nas ruas, o governador Ibaneis Rocha percorreu as cidades de São Sebastião e Paranoá para observar necessidades das duas regiões administrativas e ver obras em andamento. A visita ocorreu nesta terça-feira (23).

No comando de seu carro, o governador foi acompanhado pelo secretário de Saúde, Francisco Araújo, e pela secretária de Esporte e Lazer, Celina Leão. Juntos, eles visitaram pontos distintos das duas cidades e viram de perto obras importantes.

A blitz teve início em São Sebastião. Lá, o chefe do Executivo local verificou a condição de diversas quadras e das vias. Logo de cara, na descida para a região administrativa, ele pontuou a necessidade de reformar trechos da DF-463, que dá acesso à cidade.

Em São Sebastião, o governador também determinou a presença da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), do Departamento de Trânsito (Detran-DF) e do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) para reparos em sinalizações e meios-fios, por exemplo.

Em todo o trajeto, o governador mostrou um olhar clínico para necessidades da população. A cada meio-fio que precisa de reparo ou pista que surge de uma reforma ele ligava pessoalmente para o responsável de cada órgão demandando o reparo. Uma visão cirúrgica e de coletividade com a população.

Em seguida, Ibaneis Rocha dirigiu até o Paranoá e fiscalizou importantes obras: a da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e da Unidade Básica de Saúde (UBS), ambas localizadas no Paranoá Parque.

A UPA está sendo erguida na quadra comercial 1 e terá capacidade para atender 4,5 mil pessoas por mês. Esta obra ficará pronta no final de 2020 e animou o governador durante conversa com o secretário da pasta. No canteiro de obras da UPA, Ibaneis conversou com operários e transmitiu otimismo. “Tem que ter emprego para todos. Se a gente começar a soltar tudo quanto é obra todo mundo vai estar trabalhando”, disse. A UBS, por sua vez, conta com investimento de R$ 3,1 milhões e previsão para ficar pronta em 2021.

Ainda no Paranoá, o governador conversou com o administrador Sérgio Damasceno e comentou o processo de regularização da cidade, que vai beneficiar 65 mil famílias. “Assinei o decreto regularizando o Paranoá e todos vocês [moradores] vão receber, através da Codhab, a escritura dos terrenos. Eles serão financiados pelo Banco de Brasília”, explicou o governador.

Em seguida, Ibaneis passeou por quadras do Paranoá Parque e conversou sobre projetos em andamento com o administrador.

Blitz em Ceilândia e Brazlândia

O governador tem feito essas visitas-surpresa em várias cidades do DF. Ele já esteve em Ceilândia e Brazlândia, para conferir o andamento das obras das UPAs destas cidades. Àquela época, passados 28 dias da assinatura de contrato das unidades hospitalares, as obras estavam 9% executadas.

Agência Brasilia

Secretário de Governo do DF tem 20% do pulmão comprometido devido Covid-19

José Humberto chegou a receber alta, mas voltou ao hospital devido ao agravamento do quadro de saúde. Ele completa 65 anos na sexta-feira.

O secretário de Governo do Distrito Federal, José Humberto, está com 20% do pulmão comprometido devido à infecção por coronavírus. Ele chegou a receber alta do hospital no dia 16 de junho, mas retornou ao Hospital DF Star na tarde do dia 19, devido a complicações. Apesar da preocupação por ser grupo de risco, José Humberto tem respondido bem ao tratamento. A primeira internação foi revelada pela coluna Grande Angular, do Metrópoles.

O pulmão está em fase de cicatrização, mas não há prazo para o paciente receber alta médica. O integrante do alto escalão do governador Ibaneis Rocha (MDB), completa 65 anos na sexta-feira (26/06) e pode passar o aniversário em recuperação, internado na unidade hospitalar.

Nesta terça-feira (23/06), ele teve um quadro febril, que foi contido com medicamento para debelar o quadro inflamatório.

Outros integrantes do primeiro escalão do Governo do Distrito Federal (GDF) tiveram diagnóstico positivo para coronavírus.

O vice-governador do DF, Paco Britto (Avante), também está com a Covid-19 e internado no mesmo hospital. Paco, no entanto, se recupera bem e tem alta prevista para sexta-feira. Ele foi internado no Hospital DF Star em 14 de junho após apresentar fortes dores de cabeça.

Metrópoles

Revitalização W3: calçadas da 510 sul começam a receber piso novo

Novos passeios têm o objetivo de estimular o fluxo de pedestres pela quadra. 
Agência Brasilia

As obras de revitalização das quadras 509/510 Sul alcançaram 60% de execução. Na W2 Sul, as calçadas em frente às lojas da 510 sul começam a receber o novo piso, mais moderno e resistente. Os desníveis ao longo da calçada foram corrigidos e a entrada das lojas padronizada.

As novas calçadas têm o objetivo de estimular o fluxo de pedestres pela quadra. Por essa razão, os passeios têm largura mínima de 1,2 metros na W2 Sul e de 2 metros na W3 Sul. Além de mais amplas, as calçadas voltadas à W3 Sul foram divididas em três faixas para garantir mais conforto para os pedestres.O piso é dividido em três faixas para dar mais comodidade aos pedestres. Fotos: Divulgação

A faixa de serviço, mais próxima da pista, é destinada à instalação de postes de iluminação, paraciclos, lixeiras e vasos de plantas. Nessa área, será mantido o tradicional piso em pedras portuguesas.

Nas faixas livres e de acesso aos edifícios, o piso será de concreto, mais resistente à ação do tempo. Nas fachadas voltadas às entrequadras, as calçadas foram alargadas para permitir que os pedestres circulem sem precisar passar pelo meio da via. A medida elimina o espaço ocioso e, com isso, coíbe o estacionamento irregular de veículos.

“A execução dos serviços está dentro do cronograma estabelecido. Já é possível notar grande diferença. Tenho certeza de que, com a revitalização, a W3 Sul retomará os tempos áureos com comércio forte e grande fluxo de pessoas”, afirma o secretário de obras e infraestrutura, Luciano Carvalho.

Orçado em R$ 2,3 milhões, o projeto de revitalização é uma parceria entre o Governo do Distrito Federal, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). O GDF vai arcar com a melhoria dos espaços públicos. Os lojistas, por sua vez, vão reformar as fachadas das lojas.

*Com informações Secretaria de Obras e Infraestrutura

ACILINO RIBEIRO | Civis e militares contra o golpe e o fascismo

Personalidades | Fotocomtexto
O golpe a ser tentado pelos nazistas liderados por Bolsonaro não terá apoio militar. As FFAA não estão divididas, e a maioria é legalista, mas não querem se envolver. O que é um erro. De omissão se assim o fizerem, pois podem estar levando o país a guerra civil, como quer Bolsonaro. Por isso ele busca construir uma base de apoio policial com ampla participação das PMs. Estas são historicamente repressoras e muitos de seus comandantes direitistas e fascistas. São treinados para isso e com base na velha DSN - Doutrina de Segurança Nacional, da velha Escola das Américas. Oriunda da ditadura militar. E quanto menor a patente, mas direita e dependente do fascismo ficam.

O golpe a ser tentado será parecido com o da Bolívia. Com ações da Polícia Militar e omissão das Forças Armadas. Por isso as forças democráticas e progressistas devem conquistar mais apoio dentro das FFAA para o embate político quando necessário, com as PMs, os milicianos, os narcotraficantes e os paramilitares da extrema-direita que apoiarão Bolsonaro. Só elas poderão enfrentá-los. O povo não tem armas para isso. Por isso Bolsonaro quer armar latifundiários, grileiros e bandidos, pois sabe que contará com eles. Mas é bom saber que dentro das PMs também tem policiais antifascistas e defensores da democracia que poderão ficar com a legalidade. Poucos, mas tem.

Marinha e Aeronáutica não suportam Bolsonaro. Já lhe mandaram inclusive avisos. Sua base lá é reduzidíssima. No Exército são três correntes: A pro-Bolsonaro, a anti-Bolsonaro e a terceira que são os profissionalistas que não aceitam o Exército envolvido em política partidária. Três correntes bem numericamente divididas. Um terço cada.

Assim o correto é buscar construir de forma diplomática e participativa entre estas a unidade das forças e de setores democráticos e progressistas o mais rápido possível. À Direita conservadora e a extremista estarão juntas pois enquanto a esquerda e as forças progressistas têm causas sociais e a democracia para defenderem, a direita e os conservadores têm interesses econômicos submissos e entreguistas a levarem adiante e o fascismo para defenderam.

Não estamos vendo um jogo político; estamos vivendo uma guerra política. E no jogo tem juiz, mas na guerra tem soldado. Na ditadura a guerra foi entre militares e militantes. Agora será entre milicianos e militantes.

Espero que os militares vejam quem está do lado do Brasil, defendendo as instituições, do lado da paz, da democracia e combatendo o inimigo externo, no caso os EUA que bancou Bolsonaro e agora tá levando nossas empresas e até bases militares, pois isso está claro, e assim venham se juntar a aqueles que um dia pensaram ser seu inimigo interno, mas que são os verdadeiros patriotas; que são os nacionalistas, socialistas, comunistas, sociais democratas, liberais democratas, verdes, ambientalistas, sem terras, sem emprego, sem tetos, gays, lésbicas, negros, índios, feministas, sindicalistas e a maioria do povo brasileiro que quer paz e soberania.

A família Bolsonaro não pode continuar a passar para a sociedade, como o fazem diariamente, essa ideia de que as Forças Armadas são traidoras da pátria e que está compactuando com a destruição do país entregando tudo aos EUA e de que são golpistas. Este não é o papel dos militares. Se alguns generais o fazem, com certeza é por isso que outros se afastaram do Planalto e estão unindo as duas outras correntes. São forças nacionalistas e democráticas em ação.

Os militares já tiveram uma oportunidade de limpar o nome das FFAA pelos crimes cometidos durante a ditadura militar. Após a guerra suja durante os anos de chumbo foram responsabilizados pela morte de mais de 500 militantes, 5 mil torturados, 10 mil exilados e a prisão de mais de mais de 50 mil perseguidos. Mais que repetir a história como farsa ou tragédia isso deve servir-lhe de lição. E acredito não vão querer passar por um novo julgamento da história. A mesma anistia que me beneficiou, pelas perseguições e prisões sofridas também beneficiou a eles. E apesar de não achar isso correto, pois não cometi nenhum crime, não torturei nem matei ninguém, pelo contrário, fui caçado como um cão e preso como um animal, porque defendia a democracia e a soberania do meu país, eles que defendiam o fascismo e se acharam no direito de perseguir, prender e matar qualquer um, vivem impune até hoje. Mas nós militantes já os perdoamos, aos militares e policiais que nos perseguiram, pois o verdadeiro militante não deseja a morte do pecador, seu torturador, mas a destruição do pecado, a tortura.

A democracia não pode ser ameaçada muito menos golpeada. Tem que ser construída e defendida como fizemos durante todos esses anos. Respeitando-se as instituições. Apoiando o Congresso e o Supremo. E alguns podem até achar isso um sonho, mas acredito que chegou a hora de caminharmos juntos, CIVIS e MILITARES contra o fascismo para salvar a pátria ameaçada.

Unidos gritando: Nossa bandeira jamais será nazista. Fora Bolsonaro. Impeachment Já. O povo vencerá.

ACILINO RIBEIRO
*Advogado, historiador, escritor, cineasta e documentarista, produtor cultural e professor universitário. PÓS-GRADUADO em História Política; em Relações Internacionais e Diplomacia Política; em Geopolítica e Segurança Internacional; em Inteligência Estratégica e Contra Inteligência; em Direito Constitucional; em Direito Internacional; e em Economia Internacional; Autor de 10 livros nas áreas citadas. PROFESSOR de Geopolítica e Estudos Estratégicos; de Economia Política, de Direito Internacional e de Inteligência e Contra Inteligência; Membro da Executiva Nacional do PSB e seu Secretário Nacional de Movimentos Populares*.

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Renda Emergencial e Prato Cheio: 11,5 mil confirmam ter direito

Foto: Sedes/Divulgação
BRB começa a pagar os benefícios nesta segunda-feira (25), obedecendo à ordem alfabética e ao agendamento pré-definido por meio de um dos canais da internet e central telefônica. 
Agencia Brasília

Mais de 11,5 mil pessoas confirmaram direito de acesso ao Renda Emergencial e ao Prato Cheio, programas sociais do GDF, por meio de um dos canais do BRB (site e central telefônica).

Entre as 8h da segunda-feira (18) e as 23h59 de domingo (24), o BRB contabilizou mais de 2 milhões de acessos nos dois canais, sendo que o site Renda Emergencial registrou 2,11 milhões de consultas e a central (3029-8499) recebeu 194.393 mil ligações.

Os dados mostram que dos 11.530 usuários que confirmaram direito de acesso aos programas, 5.878 são do Prato Cheio. Outros 5.652 são beneficiários do Renda Emergencial.

Os pagamentos dos benefícios têm início nesta segunda (25) e seguem até sexta (29), obedecendo à divisão por ordem alfabética (veja abaixo) e ao agendamento pré-definido por meio de um dos canais do BRB. 

Dúvidas em relação aos locais de retirada dos cartões podem ser esclarecidas no próprio site, por meio da central telefônica (3029-8499) ou por meio de SMS enviado pelo BRB ao número de celular fornecido no momento do cadastro.

Para facilitar o atendimento ao público, as 57 agências do BRB que farão a entrega dos cartões pré-pagos do Renda Emergencial e do Prato Cheio vão abrir mais cedo. A partir das 8h. O atendimento segue até as 16h durante toda a semana.

Além das 57 agências do BRB, outros três postos do BRB Mobilidade (Galeria dos Estados, Rodoviária e 108 Sul) estarão envolvidos na entrega dos cartões pré-pagos de ambos os programas. 

Entrega dos cartões 


Beneficiários dos programas Renda Emergencial e Prato Cheio com iniciais dos nomes de letras A, B e C poderão retirar o cartão pré-pago nesta segunda-feira (25).

Já os beneficiários com nomes iniciados pelas letras D, E, F, G e H terão os recursos disponíveis na terça (26).

Quarta (27) é a vez dos usuários com as letras I, J, K e L.

Beneficiários com nomes iniciais em M, N e O recebem na quinta (28).

Sexta (29) é a vez dos que têm nome iniciado com P, Q, R, S, T, U, V, W, X, Y e Z.

* Com informações do BRB



imagem-logo