Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Procuradora da Mulher da CLDF integrará CPI do Feminicídio

A deputada Júlia Lucy agradeceu aos colegas do DF Acima de Tudo e reafirmou o papel das mulheres na CPI do Feminicídio.

A titular da Procuradoria Especial da Mulher da Câmara Legislativa, deputada Júlia Lucy (Novo), passará a integrar a Comissão Parlamentar de Inquérito que está investigando casos recentes de feminicídio no Distrito Federal. A entrada da parlamentar para compor a CPI somente foi possível porque o Bloco DF Acima de Tudo abriu mão da participação no colegiado. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (11), durante a sessão ordinária, pelo líder do bloco, deputado Martins Machado (Republicanos).

A deputada agradeceu aos colegas do DF Acima de Tudo e reafirmou o papel das mulheres na CPI do Feminicídio. Ela já vinha questionando a maioria masculina na comissão que, com a saída da deputada Telma Rufino para se tornar administradora regional, vinha contando apenas com a deputada Arlete Sampaio (PT) em sua composição, que é definida por meio de quocientes aplicados aos blocos e partidos políticos com assento na CLDF.

Presidente – A chegada da deputada foi saudada por distritais de vários partidos, integrantes ou não da CPI. O relator da comissão, Fábio Felix (PSOL), observou que desde o início defendeu a participação de mais deputadas no colegiado. Agaciel Maia (PL) enalteceu a decisão e Delmasso (Republicanos), que integra o bloco que cedeu a vaga, elogiou a participação de Júlia Lucy na investigação.

Por sua vez, Arlete Sampaio solicitou a publicação da mudança no Diário da Câmara Legislativa desta quinta-feira (12), quando haverá reunião da CPI do Feminicídio, às 9h30, para ouvir a secretária da Mulher do DF, Ericka Filippelli. A deputada observou que a medida é necessária para que possa haver a escolha de parlamentar para presidir o colegiado e permitir que Júlia Lucy já possa participar da reunião como titular. Desde a saída da ex-deputada Telma Rufino, o vice-presidente da CPI, deputado Cláudio Abrantes (PDT), está à frente dos trabalhos.

Novo bloco partidário – Durante a sessão também foi anunciada a criação de um novo bloco partidário na CLDF integrado por três deputados distritais. O deputado Hermeto (MDB) estará à frente do Bloco Democrático Social, que contará com o deputado Robério Negreiros (PSD), vice-líder, e o presidente da Casa, deputado Rafael Prudente (MDB).

Marco Túlio Alencar
Foto: Carlos Gandra/CLDF
Núcleo de Jornalismo - Câmara Legislativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo