Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sábado, 29 de outubro de 2016

Contratação temporária será menor este ano

O período deve gerar 3,8 mil vagas

A contratação de trabalhadores temporários para atuar no comércio brasiliense durante o Natal e o réveillon será menor este ano do que na comparação com 2015. De acordo com o estudo realizado pelo Instituto Fecomércio, apenas 16,3% dos empresários farão contratações. Isso significa que serão abertas 3,8 mil vagas temporárias no DF. No ano passado, na mesma época, o índice era de 23,5%, quando 4,6 mil vagas foram geradas. Entre os temporários, 40% devem ser efetivados, segundo a pesquisa, que ouviu 400 lojistas de shopping e de rua, de 14 segmentos diferentes, entre os dias 19 e 22 de setembro.

Entre os segmentos pesquisados, as lojas de material esportivo foram as que apresentaram maior intenção de contratação temporária (51,7%), seguidas por calçados e acessórios (27,8%), pelas lojas de brinquedos (25,0%), livraria e papelaria (23,3%), vestuário (18,8%), relojoaria/joalheria/semijoia (12,9%) e eletroeletrônico (10,3%).

Ainda segundo o estudo, 79,7% dos empresários afirmaram que pretendem efetivar os temporários, sendo que 14,9% disseram que não vão efetivar e 5,4% não sabem ainda se irão contratar os trabalhadores temporários. Os comerciantes também disseram que a maioria das contratações temporárias será realizada durante a segunda quinzena de novembro (33,8%) e a primeira quinzena de dezembro (21,5%). Este momento deverá concentrar, aproximadamente, 55,3% das contratações temporárias. As lojas de Papelaria/Livraria (32,5%) e Brinquedos (16,7%) devem realizar as maiores contratações.

Os principais critérios apontados para a seleção dos temporários são: escolaridade (63,1%) e disponibilidade de tempo integral para o trabalho (35,4%).
Da redação do Alô
FOTO: ROBERVAL EDUÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo