Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quarta-feira, 19 de setembro de 2018

Comércio prevê menos contratações temporárias no DF neste fim de ano

Previsão é abrir 2,93 mil vagas, quase 1 mil a menos que em 2017. ‘Insegurança dos empresários em eventos futuros’ é justificativa segundo Fecomércio.

Por G1 DF

O comércio do Distrito Federal estima que vai contratar cerca de 1 mil trabalhadores temporários a menos neste fim deste ano, em comparação com 2017. Segundo a Federação do Comércio (Fecomércio), serão abertas 2,93 mil vagas. No ano passado foram 3,9 mil.

De acordo com a entidade, a baixa pode ser explicada pela “insegurança dos empresários em eventos futuros”. Para a Fecomércio, “o ano de 2018 tem sido atípico, por causa dos eventos da Copa do Mundo e, principalmente, pelas indefinições políticas por causa das eleições em outubro”.

“As incertezas afetam diretamente o desempenho nas contratações temporárias”, afirma a Fecomércio

As conclusões são com base em uma pesquisa feita pela federação que ouviu 401 lojistas de shopping e de rua, de 15 segmentos diferentes, entre os dias 6 e 8 de agosto.

Onde há vagas
Loja de chocolate durante o Natal — Foto: Lynne Aranha / G1

Segundo a Fecomércio, a maior parte das contratações (62%) de temporários será feita em novembro. Os principais critérios para chamar um funcionário são experiência anterior, comportamento proativo e flexibilidade de horário.

Ranking onde há vagas

Lojas de chocolate
Calçados e acessórios
Material esportivo
Lojas de brinquedos
Artigos para presente
Vestuário
Livraria e papelaria
Joalheria
Perfumaria e cosméticos
Cama, mesa e banho
Eletroeletrônicos
Bares e restaurantes
Supermercados
Floriculturas
Óticas

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo