Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

terça-feira, 11 de junho de 2013

Show de Amado Batista causa queda de administrador do Itapoã.

 

 

Suspeita de irregularidade na contratação do evento causou a exoneração.
Ex-administrador não quis se manifestar; evento custou R$ 1 milhão.


O administrador do Itapoã, no Distrito Federal, Donizete dos Santos, deixou o cargo nesta segunda-feira (10), por suspeita de irregularidade na contratação de artistas para o show de aniversário da região, que teve como principal atração uma apresentação do cantor Amado Batista. .
O GDF ainda não nomeou o novo administrador da região. A festa de aniversário do Itapoã foi comemorada em março último. O evento teve custo de R$ 1 milhão. O cachê do cantor Amado Batista foi de R$ 400 mil. A contratação dos artistas foi feita sem licitação.
A exoneração foi publicada nesta segunda-feira, no Diário Oficial do Distrito Federal. O GDF vai apurar se houve ou não irregularidade.
Outro caso
Em setembro do ano passado, o administrador de Águas Claras, Manoel Carneiro, deixou o cargo depois da denúncia sobre a destinação de R$ 1 milhão para a produção de desenhos e revistas em quadrinhos, para a promoção do Parque Águas Claras.
A editora que produziu o material é de um amigo dele e foi contratada sem licitação. Na época, Carneiro disse que conhecia apenas um funcionário da editora, que teria estudado com ele. O administrador afirmou que a empresa foi escolhida com base em critérios técnicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo