Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quarta-feira, 24 de junho de 2020

Revitalização W3: calçadas da 510 sul começam a receber piso novo

Novos passeios têm o objetivo de estimular o fluxo de pedestres pela quadra. 
Agência Brasilia

As obras de revitalização das quadras 509/510 Sul alcançaram 60% de execução. Na W2 Sul, as calçadas em frente às lojas da 510 sul começam a receber o novo piso, mais moderno e resistente. Os desníveis ao longo da calçada foram corrigidos e a entrada das lojas padronizada.

As novas calçadas têm o objetivo de estimular o fluxo de pedestres pela quadra. Por essa razão, os passeios têm largura mínima de 1,2 metros na W2 Sul e de 2 metros na W3 Sul. Além de mais amplas, as calçadas voltadas à W3 Sul foram divididas em três faixas para garantir mais conforto para os pedestres.O piso é dividido em três faixas para dar mais comodidade aos pedestres. Fotos: Divulgação

A faixa de serviço, mais próxima da pista, é destinada à instalação de postes de iluminação, paraciclos, lixeiras e vasos de plantas. Nessa área, será mantido o tradicional piso em pedras portuguesas.

Nas faixas livres e de acesso aos edifícios, o piso será de concreto, mais resistente à ação do tempo. Nas fachadas voltadas às entrequadras, as calçadas foram alargadas para permitir que os pedestres circulem sem precisar passar pelo meio da via. A medida elimina o espaço ocioso e, com isso, coíbe o estacionamento irregular de veículos.

“A execução dos serviços está dentro do cronograma estabelecido. Já é possível notar grande diferença. Tenho certeza de que, com a revitalização, a W3 Sul retomará os tempos áureos com comércio forte e grande fluxo de pessoas”, afirma o secretário de obras e infraestrutura, Luciano Carvalho.

Orçado em R$ 2,3 milhões, o projeto de revitalização é uma parceria entre o Governo do Distrito Federal, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). O GDF vai arcar com a melhoria dos espaços públicos. Os lojistas, por sua vez, vão reformar as fachadas das lojas.

*Com informações Secretaria de Obras e Infraestrutura

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo