Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Ação integrada garante tranquilidade no pré-carnaval

Centro de Operações funcionou em tempo real, com câmeras de videomonitoramento, abrigando 21 instituições do GDF voltadas para segurança, mobilidade e saúde.
Agência Brasilia

A estratégia de atuação das forças de segurança surtiu efeito positivo nos eventos de pré-carnaval no último final de semana. A atuação integrada, coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), norteou as ações.

Os eventos foram monitorados pelo Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), da SSP/DF, em tempo real, com auxílio de câmeras de videomonitoramento. O Centro reúne 21 instituições do Governo do Distrito Federal (GDF) voltadas, em tempo real e de forma ininterrupta, para segurança, mobilidade, saúde, prestação de serviço público e fiscalização.Foto: Vinícius de Melo/Agência Brasília

“Empregamos nossas forças de Segurança em operações de prevenção de ocorrências nas proximidades dos blocos em todo DF. As ações continuarão por todo o carnaval abrangendo linhas de revistas, apreensões de armas brancas e monitoramento em tempo real em nosso Centro Integrado de Operações de Brasília. Intensificamos o efetivo e o planejamento tático para que o cidadão tenha um carnaval tranquilo de paz e respeito”, explica o secretário de Segurança Pública do DF, delegado Anderson Torres.

Policiais militares realizaram abordagens como parte das ações preventivas. Além das linhas de revistas, os militares atuaram dentro dos blocos carnavalescos. No sábado (15) e no domingo (16), 1,8 mil policiais atuaram nas ações da corporação. Durante as abordagens foram apreendidas 50 armas brancas.

Equipes especializadas deram suporte às ações, como Cavalaria, Batalhão de Trânsito, motopatrulhamento e Batalhão de Operações Aéreas (BAVOP) e de Cães (BPCães), Rotam e Choque.

A corporação também montou uma estrutura no estacionamento da Torre de TV. O local funcionou como ponto de apoio e de revista aos foliões.

O efetivo nas delegacias foi reforçado, principalmente na área central, que concentrou a maior parte dos eventos. Houve reforço também na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) e Delegacias da Criança e do Adolescente I e II.

Foram registradas 47 furtos de celulares, o que reforça a orientação da Segurança Pública dos cuidados com este objeto. Além disso, também foram registradas 13 ocorrências de uso e porte de drogas, nove furtos diversos, três ocorrências por desacato, entre outras, de um total de 105 no geral.

O Corpo de Bombeiro Militar do Distrito Federal (CBMDF) não realizou atendimentos relacionados aos eventos de pré-carnaval. Pois, para eventos oficiais, havia empresa privada de segurança e prevenção que prestavam o atendimento inicial quando necessário.

Mesmo assim, foram feitas rondas na área externa do Ginásio Nilson Nelson e Complexo Funarte que englobou o Carnaval no Parque, Projeto Sol a Pino e Essa Boquinha eu Já Beijei. 

Para tanto, foram empregadas ambulâncias, com equipes de Atendimento Pré-Hospitalar dos grupamentos do Sudoeste (45º GBM) e Brasília (1º GBM). Deste modo, houve registro de cinco atendimentos: uma pessoa se cortou sozinha, uma teve uma síncope e três sofreram quedas.Foto: Vinícius de Melo/Agência Brasília

No domingo (16), um jovem de 17 anos foi encaminhado ao Hran após ser atingido por arma branca no antebraço. No dia, foram utilizadas dez viaturas nas ações de pré-carnaval. Quarenta e quatro bombeiros participaram das ações. 

Controle do tráfego
No sábado, o Departamento de Trânsito do DF (Detran) atuou no controle de tráfego no bloco Carnaval do Parque, em dois Pontos de Controle de Trânsito: um na altura do Tribunal de Contas do Distrito Federal e outro em frente ao ginásio, às margens da via N1. O trânsito na região fluiu normalmente e não houve acidente nas proximidades. 

Além disso, o Detran realizou duas grandes operações na região do Plano Piloto para fiscalizar condutores alcoolizados. A primeira, entre 17h e 20h no Parque da Cidade e entre às 23h e 2h de domingo no Eixo monumental, próximo à Rainha da Paz.

Nas operações, 32 condutores foram flagrados sob efeito de álcool, três condutores estavam com a CNH vencida há mais de 30 dias. Não houve flagrante de crime de trânsito. 80 veículos foram autuados por estacionamento irregular na área do Plano Piloto e 30 veículos foram removidos nas operações realizadas.

Defesa Civil
Um piso da estrutura montada para apoio de um bloco de carnaval – o Cafuçu do Cerrado no Setor Bancário Norte – cedeu na tarde de domingo (16), durante a apresentação do bloco. A estrutura estava coberta e não houve desabamento. Uma pessoa teve escoriações na mão, mas se recusou a ir ao hospital.

A Defesa Civil foi acionada. No local, os agentes verificaram que o motivo da queda foi a ruptura de uma peça metálica – necessária para sustentação – que não foi bem soldada. A peça também apresentava oxidação.

Nesta segunda-feira (17), o proprietário do palco e engenheiro responsável pelo laudo de estabilidade estrutural serão convocados a comparecer na Defesa Civil para dar devidos esclarecimentos. O Conselho Regional de Engenharia – CREA – será informado sobre falha em laudo técnico que atestava a capacidade estrutural de uma edificação provisória.

Caso o engenheiro responsável e o proprietário não corrijam e revisem todos os mais de 600 pontos de solda da estrutura modular, a estrutura não poderá ser utilizada nos dias de carnaval.

* Com informações da SSP/DF

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo