Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

domingo, 15 de dezembro de 2019

Programa do GDF leva festa e cidadania a crianças e adultos

Crianças receberam brinquedos e adultos puderam resolver problemas numa ação que atendeu mais de 50 mil pessoas este ano. Para 2020, a intenção do governo é fazer duas edições por mês.
Agência Brasília

O governador entregou brinquedos arrecadados pela Secretaria de Justiça e Cidadania. A ação é uma das atividades do programa Sejus mais Perto do Cidadão. Foto: Renato Alves/Agência Brasília

Em ritmo de Natal, crianças do Sol Nascente/Pôr do Sol receberam do governador Ibaneis Rocha brinquedos arrecadados pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus). A ação é uma das atividades da 10ª edição do Sejus mais Perto do Cidadão, que encerra os trabalhos deste ano neste sábado (14). 

“O programa começou com 3 mil atendimentos na Candangolândia. Conseguimos reunir todos os órgãos do governo. O programa é um sucesso ano que vamos expandir para fazer ao menos duas edições ao mês para dar dignidade a essas pessoas. Temos que estar junto à comunidade para saber o que ela precisa. Temos que ouvir para resolver os problemas de cada um”, destacou o chefe do Executivo local, que visitou as atividades do evento. 

O programa, que presta serviços gratuitos à população desde março, já atendeu mais de 50 mil pessoas nas regiões de Candangolândia, Recanto das Emas, Paranoá, Brazlândia, Planaltina, São Sebastião, Cidade Estrutural, Ceilândia e Itapõa. Desde sexta-feira (13), serviços do Na Hora, do Procon, ações de saúde, da Ouvidoria, Feira de Talentos, brinquedoteca, entre outros, foram ofertado no Centros de Artes e Esportes Unificados (CEU das Artes) da QNR 2. Cartilhas educativas também foram entregues à comunidade. 

Balanço
O secretário de Justiça e Cidadania, Gustavo Rocha, fez um balanço do programa. “Procuramos ter um espectro de alcance amplo no DF. Começamos na Candangolândia com um projeto-piloto e menos serviços e hoje na edição temos todo o GDF, com muitos voluntários e parceiros. O evento cresceu e se tornou uma grande ação social”, comentou. 

Segundo o responsável pela pasta, a previsão para o próximo ano é de ampliar a quantidade de evento para dois por mês, como o governador havia ressaltado. “As edições vão continuar a todo vapor. Queremos fazer um no começo do mês e outro no final trazendo cada vez mais parceiros para a população”, afirmou. “Hoje o GDF tem o maior programa de voluntários do Brasil, administrado pelo poder público. Temos mais de 25 mil voluntários cadastrados no nosso portal e cada evento que o governo faz eles participam”, disse. 

Facilidade
Simone Cardoso, 40 anos, aproveitou a última edição deste ano do Sejus mais Perto do Cidadão para emitir a carteira de trabalho digital, algo que tentava havia muito tempo. A técnica em enfermagem também tirou a carteira de identidade de um dos filhos. “Quero pegar umas orientações com o serviço de dentista e aproveitar ao máximo as atividades com a minha filha”, disse. 

Filha de Simone, Ana Clara Cardoso, 6 anos, diz estar animada para brincar e se divertir o dia todo. “Quero pular muito na cama elástica”, afirmou. 

Parceria
O programa é feito em parceria com a Administração Regional do Sol Nascente; secretarias da Mulher, de Atendimento ao Cidadão, de Turismo e de Saúde; Defensoria Pública do DF; Polícia Civil do DF; Tribunal de Justiça do DF e Territórios; Correios; Banco de Brasília (BRB); Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb); Fundação Regional de Assistência Oftalmológica (Frao), Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF).

Confira a lista de serviços para o Sol Nascente/Pôr do Sol:

– Orientações no âmbito do programa Pró-Vítima, que atende mulheres vítimas de violência, e a Feira de Talentos Pró-Vítima, exposição e comercialização de produtos e artesanato realizados por mulheres vítimas de violência atendidas pelo Pró-Vítima;

– Venda de hortaliças livres de agrotóxicos e de produtos de panificação produzidas pelos jovens do sistema socioeducativo;

– Distribuição de material informativo sobre direitos dos idosos, combate ao racismo e outros assuntos;

– Circuito de brincadeiras com materiais recicláveis, distribuição de almanaque passatempo, desenhos sobre prevenção ao trabalho infantil e muito mais;

– Atendimento e orientação do Conselho Tutelar;

– Oficina de grafite sobre proteção aos direitos de crianças e adolescentes; 

– Serviços e orientação à saúde; 

– Exposição e venda de produtos fabricados nas oficinas das unidades prisionais/Fundo de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap);

– Prevenção ao uso de drogas com divulgação da campanha contra a exploração infantil no tráfico de drogas; oficina de grafite; orientações sobre uso indevido de substâncias psicoativas e sobre acolhimento em comunidades terapêuticas;

– Diálogos sobre LGBTfobia;

– Programa Voluntariado em Ação: filmagem e fotografia; apoio jurídico; oficina de escovação e distribuição de kits;

– Apresentações culturais;

– Ouvidoria da Sejus: acolhimento de reclamações, elogios, sugestões e informações sobre órgãos e agentes públicos do Governo do Distrito Federal;

– Corte de cabelo; oficina de confecção de turbantes; 

– Informações sobre direitos dos negros no DF;

– Informações sobre serviços funerários e cemitérios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo