Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

terça-feira, 3 de setembro de 2019

Servidores da Saúde são capacitados em curso de atualização em atenção domiciliar

Serão dois dias de treinamento para renovar o conhecimento na área
Leandro Cipriano *

Arte: Rafael Ottoni / Secretaria de Saúde

Aproximadamente 50 servidores da Secretaria de Saúde participam, nestas segunda (2/9) e terça-feira (3/9), do curso Atualização em Atenção Domiciliar – 2019, realizado pelo Núcleo de Atenção Domiciliar (Nrad) do Gama. Os temas do curso incluem legislação, cuidados paliativos, atividade terapêutica, princípios e perfil do profissional da área.

O objetivo é capacitar os novos servidores que compõem a equipe multiprofissional, além de renovar o conhecimento dos mais experientes com relação às últimas normas que redefiniram o setor no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) – tanto a Portaria Distrital n° 55/2018, que prevê mais critérios de complexidade dos pacientes atendidos em domicílio, como a Portaria do Ministério da Saúde nº 825/2016, que atualiza as equipes habilitadas.

“Estamos treinando os novos profissionais e reciclando os antigos, sendo eles servidores das mais diversas áreas da Saúde. Queremos adequá-los totalmente às portarias. Serão dois dias de curso, das 8h às 18h”, informou a chefe do Nrad do Gama, Jamila Abdelaziz.

Atualmente, a Secretaria de Saúde conta com 17 equipes multiprofissionais de atenção domiciliar, nove delas multiprofissionais de apoio em funcionamento no Distrito Federal, distribuídos em 11 núcleos regionais de atenção domiciliar, nas sete regiões de saúde.

Avanço

Em dezembro de 2018, o Serviço de Atenção Domiciliar do Distrito Federal foi selecionado para participar do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi-SUS), do Ministério da Saúde. “Esta atualização será uma preparação para o Proadi-SUS, em que teremos as capacitações para alta complexidade”, informou Jamila.

A participação se estende até dezembro de 2020, dentro do Projeto Complexidade do Cuidado na Atenção Domiciliar, sendo matriciado pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz (Haoc). “A ideia é que o projeto permita uma melhora na qualificação dos profissionais, na implantação e no desenvolvimento de ações assistenciais antes não realizadas no domicílio, bem como uma melhora no cuidado e na assistência aos pacientes por nós oferecidos”, destacou a chefe do Nrad do Gama.

Atenção domiciliar

A internação domiciliar é uma modalidade de atenção substitutiva à internação hospitalar, caracterizada por ações de prevenção e tratamento de doenças, reabilitação, paliação e promoção da saúde prestadas em domicílio como forma de garantir a continuidade dos cuidados.

Cerca de 900 pacientes são atendidos em casa pela equipe multiprofissional no DF, além de outros 1.200 que recebem oxigenoterapia domiciliar. Para ser admitido no Programa de Atenção Domiciliar é preciso observar alguns critérios e o principal deles é estar em estabilidade clínica.

* Da Agência Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo