Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sexta-feira, 31 de maio de 2019

Estoques de leite materno do DF estão em nível crítico

Solidariedade das mães pode salvar vidas de bebês internados

Os Bancos de Leite Humano estão com seus estoques em níveis críticos. Por esse motivo, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal faz um apelo às mulheres que estão amamentando para doarem leite materno aos bebês internados na rede pública de saúde.

“Em média, temos 250 bebês por dia sendo internados nas unidades da Secretaria de Saúde necessitando de leite humano doado. Se você está amamentando, seja doadora. Um pote de 300 ml pode alimentar até 10 bebês. Doe leite materno e alimente a vida”, solicita a coordenadora das Políticas de Aleitamento Materno e do Banco de Leite Humano da Secretaria de Saúde, Miriam Santos.

De acordo com a especialista, seriam necessários em torno de 2.000 litros mensais para suprir a demanda da rede. Porém, a média mais recente tem se aproximado de 1.500 litros por mês. De janeiro até o final de abril, foram doados 5.839 litros de leite humano, no Distrito Federal, por 2.036 mães.
Publicidade

Adesão

“Quando se considera que, entre janeiro e abril, nasceram 16.664 crianças, então, só 12% das mulheres que tiveram bebês se tornaram doadoras. Há um universo de mães que ainda não doam. E a solidariedade da doadora de leite materno faz a diferença na vida de muitas famílias”, pondera Miriam.

Não só das famílias, mas em toda a rede pública de saúde, que precisa de doação. Um exemplo citado pela coordenadora é o Hospital Regional de Taguatinga (HRT). “Atualmente, o hospital está com uma demanda grande e a coleta baixa. Apesar de terem entrado novas doadoras, ainda não conseguiram reforçar o estoque. Para manter isso, precisamos da ajuda da população”, reforça.

Normalmente, as mães que doam leite materno costumam fazer isso por um período de três meses, segundo Miriam. “Temos algumas mulheres com tempo maior, mas não é a regra. Todo dia novas mulheres se tornam mães e começam a amamentar seus filhos, e poderão se tornar voluntárias nesta causa”, recomenda.

Como doar

Toda mulher que estiver amamentando e quiser ser doadora, basta ligar no telefone 160, opção 4, ou se inscrever pelo site ou aplicativo Amamenta Brasília. A coleta é feita pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) nas casas das doadoras.

“Inclusive, as mulheres dos municípios do Entorno que tiveram bebês no DF, caso queiram doar, a coleta também pode ser feita em suas casas. É só entrar em contato que fazemos uma vez por semana”, informa Miriam.

A Secretaria de Saúde conta com 12 pontos de recepção, entre bancos de leite e postos de coleta, em todas as regiões de saúde. No site Amamenta Brasília é possível consultar os endereços e ter acesso às orientações de como retirar o leite e fazer a doação. “Lembrando que a recomendação é a extração feita em um recipiente de vidro, com tampa de plástico, e bem higienizado”, ressalta a coordenadora das Políticas de Aleitamento Materno.

Fonte: Agência Brasília 

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo