Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sábado, 20 de abril de 2019

Vacinação no DF: segunda etapa da campanha inicia nesta segunda-feira

Primeira etapa imunizou crianças de 6 meses a 6 anos. Meta é vacinar 778.627 mil pessoas até 31 de maio.

Por TV Globo e G1 DF

Campanha de vacinação — Foto: Raiza Ribeiro/Prefeitura de Palmas/Divulgação

A partir de segunda-feira (22), o público alvo da campanha de vacinação será ampliado. Na primeira etapa – iniciada em 10 de abril – as crianças de 6 meses a 6 anos incompletos e gestantes tiveram prioridade. De 22 de abril a 31 de maio, as doses da vacina serão disponibilizadas ao restante do público-alvo.

A meta é vacinar mulheres até 45 dias após o parto, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores das escolas públicas e privadas, indígenas, pessoas com doenças crônicas, jovens de 12 a 21 anos que cumprem medida socioeducativa e a população prisional.

Vacina da gripe: Quem pode tomar? Posso ficar doente? Tire suas dúvidas

Idosos com mais de 60 anos que estejam impossibilitados de sair de casa podem agendar vacinação pelo disque-denúncia, no 160. O objetivo é vacinar 778.627 mil pessoas no DF.

Dia D: 4 de maio

Dia D da campanha de vacinação; Centro de Saúde nº 15, na Vila Planalto, em Brasília — Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, quem ainda não conseguiu levar seu filho para vacinar em uma das 130 salas de vacinação disponíveis poderá buscar uma unidade de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h ou no Dia D.

O dia de mobilização nacional está marcado para o dia 4 de maio. Nesta data, 111 salas de vacinação vão atender toda a população das 8h às 17h.

Quem pode vacinar no dia D

Gestantes e puérperas (mulher que deu à luz há bem pouco tempo)
Crianças de um a menores de seis anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias)
Trabalhadores de saúde
Povos indígenas
Idosos
Professores de escolas públicas e privadas
Pessoas com morbidades e outras condições clínicas especiais
Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas
Funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade

Fechadas no feriado


UBS no Núcleo Rural Tabatinga, em Planaltina-DF — Foto: Tony Winston/Agência Brasília

Nesta quinta (18) e sexta (19) as Unidades Básicas de Saúde (UBS) ficaram fechadas por conta do ponto facultativo e feriado nacional.

Neste sábado (20), 70 unidades estarão abertas em várias regiões administrativas. O endereço das unidades está disponível no site da Secretaria de Saúde.

As unidades retomam o atendimento normal nesta segunda-feira (22).

Casos registrados

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, uma pessoa morreu e foram registrados 151 casos de gripe causada pelo vírus influenza desde o início do mês. Em 2018, a doença matou 16 pessoas. Em 2017 foram 23 mortes.

Segundo a otorrinolaringologista Larissa Camargo, a vacina atua como uma proteção mais forte contra complicações como a pneumonia, mas não impede sintomas comuns do resfriado como a coriza, espirros e até febre.

“A vacina impede que você tenha quadros mais graves, mas não impede que esse mesmo subtipo que você tenha contato e possa ter a doença, mas se presente serão mais leves os sintomas”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo