Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Governo entra com ação para manter o funcionamento do transporte coletivo

Para minimizar os transtornos, faixas exclusivas ficarão liberadas nesta segunda-feira (28) e horário de pico do metrô será estendido em 30 minutos.

O governo de Brasília entrou com uma ação por meio da Procuradoria-Geral do Distrito Federal contra a greve dos rodoviários deflagrada repentinamente nesta segunda-feira (28), para garantir continuidade do serviço público. A categoria pede aumento de salário aos empresários.Para minimizar os transtornos causados pela greve dos rodoviários, que foi deflagrada repentinamente, faixas exclusivas ficarão liberadas nesta segunda-feira (28). Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília-17.8.2017

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, falou sobre a paralisação, que não foi comunicada à sociedade. “Pedimos a ilegalidade da greve e lamentamos muito esse desrespeito com a população”, disse, no lançamento do programa Cidades Limpas em Taguatinga, nesta manhã.

De acordo com a Lei nº 7.783, de 1989, que estabelece as diretrizes legais para deflagração de greve, as entidades patronais precisam ser informadas da paralisação com, pelo menos, 48 horas de antecedência.
“Pedimos a ilegalidade da greve e lamentamos muito esse desrespeito com a população”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

Além disso, a decisão deve ser tomada em assembleia geral dos funcionários. A legislação prevê que empregadores e trabalhadores, em comum acordo, garantam a prestação dos serviços indispensáveis, com o atendimento das necessidades básicas da comunidade.

“Essa greve é um desrespeito à população que precisa do transporte público para trabalhar. Os rodoviários já tiveram reajuste de acordo com a inflação na data-base”, acrescentou Rollemberg.
Faixas exclusivas são liberadas e metrô é reforçado nesta segunda (28)

Para minimizar os transtornos causados pela greve, as faixas exclusivas na Estrada Parque Taguatinga (EPTG), na Estrada Parque Núcleo Bandeirante (EPNB), no Setor Policial Sul e nas W3 Norte e Sul ficam liberadas até as 23h59 de hoje.

A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) estenderá em 30 minutos o horário de pico (das 6 horas às 9h15 e das 16h45 às 20h45). Nesse período, 24 trens fazem o transporte dos passageiros. No restante do dia, serão 15 veículos circulando.

Os ônibus da Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) rodarão normalmente para reforçar o apoio à população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo