Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sexta-feira, 13 de novembro de 2020

Primeira criança registrada por biometria neonatal em Goiás recebe certificado do Ipasgo


Felipe Neres da Mota nasceu no dia 4 de julho, no Hospital da Mulher, em Goiânia, e foi o primeiro registro do projeto Bebê Ipasgo. “Conversando com a mãe, vimos na prática como esse projeto é eficiente. Assim que ele saiu da maternidade, já usou sua carterinha para uma consulta com o pediatra”, afirma o presidente do Instituto, Hélio José Lopes

A família do pequeno Felipe Neres da Mota, de cinco meses, recebeu, nesta quinta-feira (12/11), um certificado das mãos do presidente do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo), Hélio José Lopes, comprovando que ele foi a primeira criança do Estado a ser registrada no projeto Bebê Ipasgo. Graças ao Governo de Goiás, por meio de uma parceria inédita entre o Instituto, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-GO)e o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, Felipe passou por uma biometria neonatal assim que nasceu, no dia 4 de julho, no Hospital da Mulher, em Goiânia.

O projeto-piloto, e ainda está em fase de testes, foi criado em julho de 2020 pelo governador Ronaldo Caiado, e já conta com a adesão de 29 famílias. Por meio dele, é possível evitar problemas em maternidades, como, por exemplo, trocas, roubos, vendas, tráfico e adoções ilegais. Além disso, a criança é incluída como dependente sem carência e os pais recebem o cartão de usuário logo após o nascimento.

A mãe do primeiro bebê registrado biometricamente na maternidade em Goiás, Luana Neres, contou que se interessou pelo projeto assim que a equipe do Ipasgo explicou do que se tratava. “Achei uma ideia fantástica. De fato, uma proposta inovadora. Traz segurança para a família; e eu, com certeza, indico a outras usuárias do Ipasgo que estão gestantes”, afirmou.

Hélio José Lopes, presidente do Ipasgo, fez questão de ir pessoalmente à casa da família para conhecê-los. “Desejamos muita sorte e saúde na vida do Felipe. Conversando com a mãe, vimos na prática como esse projeto é eficiente. Ela disse que, assim que ele saiu da maternidade, já usou sua carteirinha para uma consulta com o pediatra”, revelou.

Neste momento, a usuária do Ipasgo gestante que se interessar pelo projeto, deve entrar em contato com a Gerência de Ação Preventiva (Geprev), pelo telefone 3238-2423, e solicitar a adesão. Quando se encerrar a fase de testes, o Bebê Ipasgo estará disponível a todas as gestantes usuárias do plano de assistência.

(Governo de Goiás)

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo