Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sábado, 14 de novembro de 2020

Ação do Novembro Azul na Feira do Guará


A ação foi voltada para a saúde do homem e prevenção da diabetes, por isso, mulheres também foram atendidas | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde DF

Feirantes e clientes puderam aferir a pressão arterial, medir glicemia e ter avaliação médica, por exemplo
Agência Brasília

A Superintendência da Região de Saúde Centro-Sul promoveu uma ação na Feira do Guará alusiva às campanhas Novembro Azul — prevenção ao câncer de próstata e à diabetes. Uma equipe multidisciplinar atendeu o público, com médico endocrinologista, psicólogo, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

No local, a comunidade teve direito a teste de glicemia, aferição da pressão arterial, escala de ansiedade, avaliação médica, vacinação contra o H1N1, orientações de saúde mental, verificação de Índice de Massa Corpórea (IMC) e pedido de exames de sangue como hemograma completo e PSA (exame utilizado para detecção de câncer de próstata).

A ação foi voltada para a saúde do homem e prevenção da diabetes, por isso, mulheres também foram atendidas. “Nosso objetivo é conscientizar a população sobre os cuidados necessários com a saúde, principalmente na investigação de doenças crônicas como diabetes, hipertensão e obesidade”, explicou a superintendente da região de Saúde Centro-Sul, Flávia Oliveira Costa. Foram levadas 400 doses da vacina contra a gripe e entregues panfletos educativos destacando a importância de fazer exercícios e se alimentar de maneira saudável.

Para o feirante Fábio de Souza, 29 anos, esse tipo de ação é muito importante e necessária para a manutenção da saúde. “Depois dessa pandemia, ficou mais claro ainda o quanto é importante ter a saúde boa, se consultar com frequência e ficar atento com relação a doenças silenciosas como a diabetes”, afirmou.

Segundo Ronan Garcia, endocrinologista e diretor do Hospital Regional do Guará (HRGu), o objetivo é trabalhar com a prevenção da diabetes, pois é uma doença incurável e silenciosa, muitas vezes, sem sintomas e, quando descoberta tardiamente, pode ter outras complicações associadas. Por isso, é tão importante fazer a prevenção e o tratamento correto.

O comerciante Eitor Moraes, 65 anos, é diabético e hipertenso. Ele considerou a ação na Feira do Guará fantástica. “Nós, feirantes, trabalhamos todos os dias, de 7h da manhã até às 19h, e não temos tempo para ficar indo em hospital ou se consultando. Ações como estas são maravilhosas e demonstram que o governo está preocupado com a saúde da gente”, avaliou.

*Com informações da Secretaria de Saúde

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo