ANÚNCIO

header ads

GDF inaugura expansão do viaduto de Taguatinga

Alargamento do viaduto de Taguatinga beneficiará 135 mil motoristas que trafegam todos os dias pela região. O custo da obra foi de R$ 5,2 milhões.

O Alargamento do viaduto da entrada de Taguatinga foi inaugurado na manhã desta sexta-feira (28). No local, passam diariamente 135 mil condutores – o que reforça a importância dessa intervenção logo na entrada de Taguatinga, uma das maiores cidades do Distrito Federal. O investimento foi de R$ 5,2 milhões. A Expansão dos viadutos vai melhorar o trânsito, principalmente nos horários de grande fluxo.Alargamento do Viaduto da entrada de Taguatinga foi inaugurado nesta sexta-feira (28). Foto: Renato Alves/Agência Brasília

O evento contou com a presença do vice-governador Paco Britto (Avante), do administrador de Taguatinga Geraldo César, do secretário de Obras, Luciano Carvalho; de Governo, José Humberto Pires; de Transporte e Mobilidade, Valter Casimiro; da Comunidade, Severino Cajazeiras e o diretor-geral do DER-DF, Fauzi Nacfur. Também marcaram presença na cerimônia, o presidente da Câmara Legislativa do DF, deputado Rafael Prudente; deputado distrital, Prof. Reginaldo Veras; além dos administradores regionais Daniel de Castro (Vicente Pires); Francisco de Assis da Silva (Águas Claras); José Goudim Carneiro (Sol Nascente/Por do Sol); e João Carlos Lóssio (Jardim Botânico).Autoridades do Executivo, Legislativo e lideranças marcaram presença no evento. Foto: Renato Alves/Agência Brasília

O vice-governador do DF, Paco Britto, destacou a importância da obra para região. “Essa é uma obra de estado. Em breve teremos outros lançamentos como esse”, destacou Britto. A atual gestão recebeu a obra do governo anterior com 25% de conclusão e, em poucos meses, concluiu os 75% restantes. 

A nova configuração do viaduto tem 11 faixas de circulação, sendo cinco no sentido Taguatinga/Plano Piloto e quatro no sentido Plano Piloto/Taguatinga – além de duas centrais para ônibus.Foto: Renato Alves/Agência Brasília

“O impacto no trânsito será imediato. O estrangulamento não existirá mais. No entanto, é importante ressaltar que esta é apenas a primeira obra entregue por esta gestão para melhorar o tráfego na região”, ressaltou Luciano Carvalho, secretário de obras do GDF. 

O titular da pasta lembrou que vem mais por aí. “O alargamento era necessário, por exemplo, para darmos a início às obras do Túnel de Taguatinga, previstas para julho deste ano”, explica.

As faixas têm entre 3,5 metros, destinada aos veículos, e 4 metros para os ônibus. Vale lembrar que, mesmo com o alargamento, a velocidade nesse trecho da via não será alterada, sendo mantida em 60 km/h.

Na antiga formatação, os dois viadutos tinham 60 metros de extensão, com três faixas em cada sentido, totalizando 20 metros de largura. Agora, unificado, o condutor terá à disposição 41,80m de largura. Todo esse serviço envolveu 220 toneladas de aço, 2 mil metros cúbicos de concreto e 35 funcionários.

Em complemento à obra de expansão do viaduto, foram realizados serviços de pavimentação do acesso e das alças do viaduto, sinalização da via, pintura de faixas e do meio-fio e plantio de grama no canteiro. Além da empresa contratada pela secretaria de Obras, participaram das ações o DER, a Novacap, a CEB, o SLU, o Detran e as Administrações de Taguatinga e Águas Claras.

Agenda Capital e Ag. Brasília

Postar um comentário

0 Comentários