Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

terça-feira, 9 de abril de 2019

Solenidade homenageia Campanha da Fraternidade 2019

Igreja quer maior participação política dos fiéis

Em homenagem à Campanha da Fraternidade 2019, a Câmara Legislativa realizou sessão solene em plenário nesta segunda-feira (8). Este ano o tema é "Fraternidade e Políticas Públicas" e o lema, "Serás libertado pelo direito e pela justiça" (Is 1,27). A iniciativa do evento foi dos deputados Arlete Sampaio (PT), Cláudio Abrantes (PDT), e Jaqueline Silva (PTB).

De acordo com o coordenador da Campanha, Hélio José da Silva, os desafios da sociedade em Brasília são significativos, com destacou à saúde, educação, segurança pública e emprego. Hélio explicou que o objetivo geral é "estimular a participação dos cristãos em políticas públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja, para fortalecer a cidadania e o bem comum".

O coordenador acrescentou que "a Campanha da Fraternidade é genuinamente brasileira" e ressaltou ainda que a iniciativa da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) é comemorada há 23 anos na Casa. "A partir da CLDF, a homenagem se estendeu pelas outras casas legislativas do Brasil", observou Hélio José da Silva.

Ao contextualizar a campanha, a deputada Arlete Sampaio enfatizou que "o tema e o lema deste ano trazem expressões que necessitam ser resgatadas neste momento histórico em que vivemos tantos retrocessos nas políticas públicas".

Já Cláudio Abrantes se colocou como cristão e enfatizou a importância do envolvimento político do corpo da igreja. "Nós cristãos católicos devemos nos envolver com a política para dar uma contribuição definitiva ao crescimento do Brasil, com um olhar especial para os mais necessitados".

Em sua primeira sessão solene como parlamentar, Jaqueline Silva estimulou a participação popular ao convidar a comunidade católica para participar dos "diversos conselhos das cidades do DF". A deputada disse acreditar que só o envolvimento das pessoas pode mudar a realidade do Distrito Federal.

Dom Sérgio, presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), parabenizou os parlamentares pela proposta de solenidade e relembrou a importância da Fraternidade na população "Fraternidade deve acontecer na política e através de políticas públicas na sociedade".

Também estiveram presentes à sessão a vice presidente da Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Brasília, Jovita José Rosa, o secretário-geral da CNBB, Dom Leonardo Steiner, o bispo Dom Marcony Vinícius e a deputada federal Erika Kokay (PT/DF).

Karine Teles (Estagiária)
Foto: Rinaldo Morelli/CLDF
Comunicação Social – Câmara Legislativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo