Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Fibra entrega 16ª edição da Agenda Legislativa da Industria

Publicação traz 36 prioridades do setor

A Câmara recebeu na manhã desta quarta-feira (23) a 16ª edição da Agenda Legislativa da Indústria do DF. O documento, elaborado pela Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra-DF), reflete as necessidades e os anseios da indústria brasiliense em 36 proposições que se encontram em tramitação na CLDF. Os representantes parlamentares e o governador Rodrigo Rollemberg acompanharam a solenidade e receberam a agenda.

O presidente da Casa, Joe Valle (PDT), parabenizou o setor industrial pela iniciativa. "A elaboração da Agenda Legislativa é um exemplo do processo colaborativo da cidade", colocou Valle. O parlamentar explica que é preciso analisar com cuidado todas as proposições do setor. "É importante a não ruptura desse processo. Devemos lembrar que tivemos a efetividade de 64% do cumprimento da agenda de 2017", colocou o presidente.

De acordo com o presidente da Fibra-DF, Jamal Jorge Bittar, a construção da participação é que faz com que "nossa agenda" consiga refletir de fato as necessidades do "parque fabril brasiliense". "Nós resolvemos elencar apenas os cinco principais assuntos nessa edição: política tributária e fiscal, administração pública, relações do trabalho, assuntos econômicos e assuntos relativos à política urbana e de meio ambiente", completou Bittar.

Proposições - A agenda Legislativa é fruto do seminário preliminar que ocorreu em abril, com a participação de representantes industriais, sindicais e outros, em que foram elencadas 36 proposições prioritárias do setor. Além da separação por assuntos de relevância, as propostas são classificadas de acordo com o posicionamento setorial: convergente, convergente com ressalvas ou divergentes.

História – Com a edição de 2018, a Fibra completa quatro legislaturas produzindo o documento. Em 2017, a Federação monitorou na CLDF 594 proposições que desrespeitavam o setor industrial. Neste ano, 67 foram selecionadas para ser debatidas por líderes empresariais dos dez sindicatos que compõem a base da Federação.

Luana Pontes (estagiária)
Fotos: Silvio Abdon/CLDF
Comunicação Social - Câmara Legislativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo