Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Chefe de gabinete da Sejus é exonerado após agredir idoso

A ação foi filmada e circulou em diversos grupos de WhatsApp

Reprodução

O chefe de gabinete da Secretaria de Justiça e Cidadania, Haendel Silva Fonseca, foi exonerado após um vídeo em que aparece agredindo um idoso no Recanto das Emas ser amplamente compartilhado.

Nas imagens, o delegado da Polícia Civil aparece bastante nervoso. As agressões tiveram início após o idoso insultar Haendel. “Você tá doido, rapá? Você tá falando é com um polícia. Respeita, encosta ali”, proferiu Haendel após empurrar e derrubar o homem no chão.

Haendel chegou a soltar uma nota se desculpando pelo episódio. De acordo com ele, o evento que veio a público na noite dessa quarta-feira (9) aconteceu em 2016. O delegado afirma que “os fatos ocorreram após a pessoa envolvida na ocorrência não atender a orientação de aguardar a chegada dos agentes do Órgão de Trânsito para solucionar um eventual estacionamento irregular de um veículo em via pública danificado com a aplicação de produto químico de um spray”.

“Fui surpreendido infelizmente pelo fato da pessoa envolvida na ocorrência desatender as orientações e dar início inesperadamente com ofensas verbais a um comportamento de desobediência, desacato e vias de fato, que foi por mim interrompida, por um ato reflexo”, disse.

Por fim, Haendel admite que errou “na avaliação dos riscos de abordagem” e diz que deveria ter aguardado outro policial. . “Reconheço ainda que com o inesperado comportamento adotado pelo envolvido, temi em sofrer também uma agressão física. Termino deixando meu pedido de desculpas incondicional à todos e de perdão à Deus e à pessoa envolvida independente de qualquer análise jurídica que o fato permita.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo