Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

sábado, 22 de julho de 2017

Vias de acesso e saída do Lago Norte serão interditadas neste fim de semana

Bloqueio começa às 7 horas de sábado (22) e termina ao meio-dia do domingo (23). Interrupção se deve às obras do Trevo de Triagem Norte. Veja as alternativas de rotas.

As vias de acesso e saída do Lago Norte serão interditadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF) a partir das 7 horas deste sábado (22). O trecho ficará bloqueado até o meio-dia do domingo (23).

A interrupção em parte da DF-009 (pista principal do Lago Norte) será necessária para que o DER-DF remova o cimbramento – estrutura de suporte provisória que apoia vigas e lajes – do viaduto da saída da região administrativa. A intervenção faz parte das obras do Trevo de Triagem Norte.

Para entrar no Lago Norte, os condutores deverão usar a via de acesso pela Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia) para o Eixão, passar pelas tesourinhas no fim da Asa Norte e voltar no Eixão em direção à Ponte do Bragueto até o primeiro acesso à avenida principal do Lago Norte, à direita.

Para a rota de saída, deve-se pegar a pista da direita da DF-009 (pista principal do Lago Norte), sentido Sobradinho, até o Balão do Torto. De lá os motoristas podem retornar até a Ponte do Bragueto ou a saída via Epia.

Além disso, quem sai do Centro de Atividades do Lago Norte deve seguir pela DF-007 até a Ponte do Bragueto ou pela via de ligação da região à Epia.

Trevo de Triagem Norte e Ligação Torto-Colorado

O Trevo de Triagem Norte é composto por 16 obras, entre pontes, viadutos e túneis. O objetivo é distribuir o fluxo de veículos com destino ao Plano Piloto, levando ao Eixão Norte e Sul, à W3, aos Eixinhos Leste e Oeste e à L2.

Somadas às passagens previstas na Ligação Torto-Colorado — construção de uma pista marginal à DF-003 e de novos acessos aos condomínios —, serão 28 intervenções.

As benfeitorias no Trevo de Triagem Norte e na Ligação Torto-Colorado vão custar R$ 207 milhões — R$ 146 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), R$ 51 milhões de contrapartida do governo de Brasília e R$ 10 milhões da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap).

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo