Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Policia Civil faz mudanças no horário de funcionamento das delegacias do DF

A direção da Polícia Civil decidiu instituir um novo horário para o funcionamento das delegacias do DF. Com mais de dois meses de operação PCDF Legal e pressão da categoria, que inclusive hoje fez uma manifestação em frente ao Complexo da PC, era preciso, segundo os agentes, tomar uma nova decisão já que as negociações com o Governo para obter a isonomia com a Polícia Federal não estão dando certo.

A Polícia Civil informa que, a partir de hoje, as delegacias circunscricionais irão funcionar nos dias úteis, no horário de expediente, das 12h às 19h, para atendimento ao público. Fora do horário de expediente e aos sábados, domingos e feriados, os registros de ocorrências poderão ser efetuados pelas Centrais de Flagrante localizadas na Asa Sul (1ª DP), área central de Brasília (5ª DP), Paranoá (6ª DP), Gama (20ª DP), Taguatinga Sul (21ª DP), Ceilândia (23ª DP), 18ªDP (Brazlândia) e Riacho Fundo (29ª DP).

Em Sobradinho, a 13ª DP continuará atendendo os flagrantes de Sobradinho I e II e registrando as ocorrências da 35ª DP fora do horário de expediente. A região administrativa vizinha, Planaltina, as atividades de plantão se concentrarão na 31ª DP, que receberá os delegados plantonistas da 16ª DP.

De acordo com o presidente do Sinpol, Rodrigo Franco, os policias não ficarão ociosos ou cumprirão menos carga de trabalho. Alguns policias irão continuar nas delegacias fazendo a segurança das instalações, outros serão remanejados para as investigações ou para as centrais de flagrantes antes ou depois do horário determinado para o funcionamento dos departamentos policiais.

Quem desejar fazer alguma denúncia fora do horário, precisa, necessariamente, buscar a central de flagrante mais próximo pois, lá, haverá um delegado, um escrivão e um agente para receber e apurar a denúncia. Antes, a pessoa poderia procurar qualquer delegacia. Agora, vai ter que andar mais um pouco. As centrais de flagrantes surgiram há cerca de três anos com a finalidade de resolver os problemas do baixo número de agentes. À época, a expectativa da polícia era conseguir registrar e atender o maior número de ocorrências possíveis de forma mais rápida e ágil.

Delegacia Eletrônica

A população poderá usar a Internet, por meio do site oficial da Polícia Civil do Distrito Federal, para acessar a Delegacia Eletrônica e efetuar o registro de ocorrências relacionadas aos seguintes fatos: a) acidente de trânsito sem vítima; b) ameaça; c) apropriação indébita; d) crimes contra a honra (injúria, difamação e calúnia); e) injúria racial; f)estelionato; g) extravio (perda) de documentos/objetos; h) furto em interior de veículo; i) perturbação do trabalho ou sossego alheios; j) perturbação da tranquilidade.
Kléber Lima
João Paulo Mariano
Especial para o Jornal de Brasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo