Últimas >>
Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Empossados os integrantes do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social

Foto: André Borges/Agência Brasília Descrição da legenda.

Durante a posse dos membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Distrito Federal, na manhã desta quarta-feira (13), o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, destacou que o colegiado marca o momento da virada econômica do DF. “O objetivo deste conselho é buscar, cada vez mais, ouvir e agir conjuntamente. É hora de nossa cidade se unir para promover o desenvolvimento da economia”, afirma.
O grupo é formado por 69 conselheiros: 47 da sociedade civil — como empresários e representantes de trabalhadores e de instituições de ensino e pesquisa — e 22 do governo. Todos foram empossados hoje pelo governador Rollemberg, em cerimônia no Memorial JK.

Em seu discurso, Rodrigo Rollemberg ressaltou algumas mudanças ocorridas até agora no âmbito econômico. “Quando assumimos, o DF estava na pior situação econômica de todas as unidades da Federação. Apesar das dificuldades, aprovamos o Bolsa Educação Infantil, para universalizar a educação para crianças de 4 e 5 anos, discutimos a regionalização da Saúde e a participação das organizações sociais na gestão e lançamos o programa de mobilidade urbana Circula Brasília e o de oferta de habitação para a população de baixa renda, o Habita Brasília“, exemplificou.

Como funciona o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social
O Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do DF tem o objetivo de discutir as demandas da população e opinar sobre soluções possíveis no âmbito do desenvolvimento econômico. Com base nele, serão estabelecidas ações para desburocratizar processos e ampliar as parcerias do governo com a sociedade.

A instância superior do conselho será o Pleno, integrado por representantes de todos os setores participantes. Além disso, a entidade terá grupos de trabalho e câmaras temáticas para discussão de temas específicos, como o uso e a ocupação do solo e o modelo de agronegócio para o Distrito Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



imagem-logo